Fotomanipulação translúcida de Amy Friend

amy1

amy2

Uma fantástica série de foto manipulação da artista e fotógrafa americana Amy Friend que recuperou uma variedade de fotos antigas e criou a partir disso imagens com um novo significado, re-feitas, as fotografias vintage foram cuidadosamente furadas, permitindo a incidência de luz nos orifícios, proporcionando uma aspecto translúcido. A artista pretende com a série questionar a qualidade frágil do objeto fotográfico, mas também a própria fragilidade de nossas vidas, nossa história. Um projeto sensível e igualmente belo.

amy3
Continue Reading

Paradoxon por Guilherme Benites

001

Criado pelo fotógrafo de moda Guilherme Benites o projeto Paradoxon é composto por uma série fotográfica e um vídeo conceitual baseado no Yin e Yang, conceitos básicos do Taoismo. As duas ideias que expõem a dualidade entre tudo o que existe. Representam as duas forças opostas e complementares que se encontram em todas as coisas. Yin é o feminino, o escuro, a noite, o frio. Yang é o masculino, a luz, o dia, o calor. Juntos eles compõem a totalidade equilibrada do mundo em duas polaridades.  Nessa filosofia o oposto daquilo que se pensa ser a verdade ou o contrário a uma opinião consentida como válida é um paradoxo.

Continue Reading

O balé de corpos contorcidos na fotografia de Evelyn Bencicova

eb1

eb2

Um balé de corpos nus, fotografias conceituais que prestam homenagem à arte clássica, mas também podem ser entendidas como um reflexo da condição humana no melhor da fotografia contemporânea. Ecce Homo, nome do projeto da artista e fotógrafa de Berlim, Evelyn Bencicova, retrata motivos artísticos comuns com origens bíblicas a fim de incluir representações de violência e guerra em sua narrativa envolta em mistério, submetendo o espectador ao questionamento sobre o que realmente aconteceu com esses corpos contorcidos.

eb3
Continue Reading

Os corpos sem pudor do #OcupeEstelita [+18]

tumblr_n6kc7q0wuV1tyqyfzo1_1280
tumblr_n6kc7q0wuV1tyqyfzo2_1280
Ainda durante a primeira semanada de ocupação no Cais José Estelita, área central da capital do estado de Pernambuco, se via medo, insegurança e esperança de ser ouvido. Esse turbilhão de sentimentos foi exposto em uma oficina próximo aos trens abandonados que existem na área pelo fotógrafo paulista membro do Coletivo Além Mateus Lima.
Em uma conversa aberta foi possível tratar não só sobre o que os ocupantes anseiam de melhor para o espaço como para a sociedade compartilhando experiências, receios, desejos, frustações, dúvidas e questionando assuntos tabus como sexualidade. Ficou claro que a transformação dos que fazem a ocupação já estava acontecendo desde o primeiro momento em que a decisão de ocupar fora tomada.
Através do corpo é possível sentir e se expressar. Passar uma ideia concreta do que queremos e de como absorvemos a troca de experiência com o externo. Nas fotografias fica claro esse turbilhão de sentimentos e a esperança no olhar alheio.
tumblr_n6kc5ozW881tyqyfzo6_1280 Continue Reading

Fotografando sonhos, um projeto de JeeYoung Lee

lee1

A fotógrafa coreana JeeYoung Lee dedica sua vida a retratar o invisível. Isso mesmo, em um pequeno estúdio – uma sala que não chega a ter 10m², Lee monta sets incríveis e fotografa a si mesma nas mais loucas situações. No pequeno estúdio fotográfico improvisado, ela faz pinturas fantásticas nas paredes, usa móveis diferentes e decoração feita com todo tipo de material e materializa seus anseios mais pessoais, seus medos e desejos sem pudor. Resultado: imagens belíssimas.

lee2

As fotografias são totalmente transformadoras e não possuem qualquer interferência ou retoque digital. Para tanto, ela se dedica (as vezes durante meses) a preparação de cada detalhe do cenário, para depois se incluir na cena. A fotografia, por vezes delicada e outras monstruosa, nos mostra seus anseios artísticos e é um excelente exemplo do surrealismo na fotografia, em contra mão à fotografia convencional.

Lee é formada pela Universidade Hongik, em Seul, Coréia, onde nasceu e aprendeu a fotografar muito cedo. Já é mundialmente reconhecida e ganhadora de prêmios fotográficos. Segundo ela, sua arte fotográfica nasce da sua necessidade de se expressar e se contestar a cada momento.

lee3
Continue Reading

Jardim Dos Sentidos – Em êxtase – por Ary Regis Lima

opção 2

801 (2)

357

Já falamos do trabalho do promissor e prodigioso fotógrafo brasileiro Ary Regis Lima aqui. Apresentamos agora o segundo ato do excelente projeto Jardim dos SentidosEm êxtase – é fruto de um aprofundamento das elucubrações imagéticas do fotógrafo – resultando num trabalho de experimentação híbrida das referências que povoam o seu universo pessoal e suas necessidades de produzir fotografias que estimulem novos parâmetros de percepção da imagem, quebrando com o realismo-naturalista que nos é entregue diariamente através do fluxo imagético. A mitologia aliada à cultura pop em conjunto com a sua própria percepção de arte clássica, tendo como principal referência o trabalho de Boticelli, norteiam uma narrativa ímpar, cheia de contrastes: delicadeza e voracidade, sensualidade e erotismo, ambos ambientados numa atmosfera clássica. Ary consegue mais uma vez dar o tom a uma execução contemporânea excepcional, sem cair no perigo de soar anacrônico, ou na pior das hipóteses – cafona. Sem sombras de dúvida, Ary Regis Lima é um nome a se tomar nota nessa nova fotografia brasileira.

056 - Cópia-Recovered
Continue Reading

Apoteose do corpo por Gustavo Chams

00

01

O fotógrafo de Moda Gustavo Chams – que já apareceu no BLCKDMNDS aqui – possui um currículo recheado de aparições em publicações internacionais como a londrina Design Scene e a argentina BeMAG, e em seu novo editorial explora a apoteose através do corpo humano.

As fotos propõem um questionamento sobre a vulgarização do corpo, apresentando uma nova visão sobre o mesmo. As imagens resgatam a antiguidade clássica e a busca pelo sagrado feminino em rituais que faziam do corpo uma forma de se conectar ao divino. [NSFW]

Continue Reading

As imagens subjetivas e reflexivas de Leandro Santiago

mosca

1920595_293957800752230_1981819484_n

1899694_291505104330833_2054004907_o

Leandro Santiago é um fotógrafo autodidata, pernambucano, apaixonado por artes visuais. Trabalha com fotografia ha dois anos e carrega como influência em seus trabalhos, os movimentos como Surrealismo e Dadaísmo, com traços da Escola Gestalt. Suas obras foram expostas e premiadas no Salão de Artes Visuais do SESC Paraíba em 2013.

Continue Reading