As ilustrações da polonesa Agnieszka Sukiennik

ag004_cat2 copy

Com sede em Varsóvia, a polonesa Agnieszka Sukiennik é como uma boa parte dos criativos de sua geração, não se atém em apenas uma qualidade específica, designer independente, artista visual e ilustradora de moda. Ela concentra seu talento em tentar transmitir a natureza global na ambiguidade do ser humano em ilustrações surrealistas.

Continue Reading

O trabalho ácido do artista Marcelo Fiedler

213409-f6ee9511eadf476aa67c15225adeba20

O trabalho do artista curitibano Marcelo Fiedler, 29 anos, que encontrei no Instagram (estava em uma vibe 80’s e fui pro ig buscar por referências), que começou desde muito cedo a ilustrar e foi aperfeiçoando sua técnica com o passar do tempo, hoje faz com que embarquemos em uma maravilhosa trip com as cores ácidas que são sentidas em suas obras.

Com uma bagagem influenciada por artistas como Keith Hering, Simon Landrein e desenhos dos anos 90’s, percebe-se em seu trabalho a constante presença de mulheres em situações cotidianas, com um ar de mistério e apresentam enormes bolas, como, um yin yang de ácido, no lugar dos olhos tornando mais complicado o relacionamento dos personagens com o espectador. Sobre isso, Fiedler diz “sempre me relacionei com mulheres que tem um ~que~ meio parecido comigo, você não sabe muito bem onde essa pessoa quer chegar, é um negócio aberto, mas não é”.

Continue Reading

O universo inquietante nas ilustrações de Igor Oliver

QUERIDAS ORELHAS

Engana-se quem pensa que Curitiba, hoje, não tem uma cena emergente de arte e cultura, a capital paranaense tem crescido vertiginosamente na produção artística e revelado grandes talentos, prova disso é o trabalho do promissor ilustrador e artista visual Igor Oliver e seu projeto Sociedade da Mente Arte – um projeto que reúne suas ilustrações, poemas e imaginações. Imaginação, essa que não lhe falta, seu universo em papel é inquietante, seus personagens misturam estranhas sensações e perturbações exaltando elementos como a solidão no olhar, ingenuidade, erotismo e fantasia. A síntese de tudo isso se concentra na figura do coelho, como ponto dessa ingenuidade, inteligência e astúcia. Autodidata, o artista utiliza uma série de técnicas em nanquim, aquarela, grafite e caneta posca, para compor seu trabalho. O universo onde residem seus personagem são o refúgio do artista, que constrói pequenas narrativas íntimas, das quais transformam-se em poesia através de seu traço e sua percepção estética.

TEELEESTRADA
Continue Reading

O feminismo antropofágico de Rebeca Queiroz

IMG_2267

Rebeca Queiroz é uma designer e ilustradora recifense que tem em seus desenhos uma forma de expressão onde procura demonstrar seus pensamentos e levar quem os observa para dentro do seu universo feminista. Sua arte nos apresenta um feminismo antropofágico que retrata o poder da mulher em concordância com a serpente, o universo e a natureza. Ou seja, elementos poderosos com uma força representativa enorme dentro do seu próprio contexto unificados através do papel, do lápis e da caneta nanquim.
Muito além do autobiográfico, seus desenhos retratam referencias escondidas dentro de livros, frases de músicas ou diálogos de filmes. Alguns desenhos foram criados inspirados nos universos paralelos de Hilda Hilst, Eduardo Galeano, Björk, FKA Twigs, Nina Simone e Lamb. Outros contam cenas do seu próprio mundo.
Para acompanhar o trabalho da artista basta segui-la no instagram. Toda semana mais um pedaço fascinante deste universo nos é revelado através dele.

IMG_2323

Continue Reading

O empoderamento feminino na arte de Erica Rodrigues

erica1

erica2

Um trabalho versátil, mas nem por isso sem personalidade, muito pelo contrário – aquarela, ilustração, grafite, trabalho manual e bordado, diferentes técnicas, variados suportes e um só resultado: encantamento. Esse é o trabalho de Erica Rodrigues de Fortaleza no Ceará; delicado, porém forte, seu traço traz em grande parte de sua arte, a mais bela expressão feminina e também questionamentos, ao traçar em seus desenhos, representações de múltiplos estilos de corpos, criando um empoderamento de diferentes mulheres. Suas personagens carregam em si a suavidade da inocência, mas também o desejo da indagação.

Continue Reading

Love Yourself: as ilustrações eróticas de Rennan Lourenço (+18)

love yourself

Homens praticando autofellatio como uma metáfora do conceito do amor próprio é o tema da série de ilustrações Love Yourself do artista Rennan Lourenço. Após sofrer um término de namoro devastante, Rennan canalizou seus sentimentos em forma de arte e produziu gravuras que o ajudaram a expressar a ideia de se amar antes de tudo e todos, promovendo de forma literal e análoga o conceito do amor próprio.  As ilustração foram feitas em aquarela e carvão e podem ser encontradas no tumblr e instagram do artista. Continue Reading

Ilustrações dramáticas de Kristian Hammerstad

kd1

kd2

kd3

Com um traço gráfico e colorido que remete a propaganda vintage do início do século XX, as ilustrações do norueguês Kristian Hammerstad – formado na Saint Martins, conhecido centro cultural e artístico em revelar grandes nomes como, nada mais, nada menos do que Alexander McQueen – transportam o espectador para um universo cheio dramático, repleto de crítica e sarcasmo. Entre seus clientes estão The New Yorker, The New York Times Magazine e Wired Magazine.
kd6

Continue Reading