Conheça a música do Zebra Katz

“Ima read that bitch/ Ima school that bitch/ Ima take that bitch to college/ Ima get that bitch some knowledge”

Se ainda nao conhece o Zebra Katz, prepare-se pra ficar com essa frase na cabeça pelo resto da vida após ouvir seu single Ima Read, considerada a nova 212.

A música já existe no repertorio do Zebra a uns 5 anos, desde quando ainda fazia escola de artes, mas só esse ano, quando o estilista Rick Owens a usou na Paris Fashion Week, ele veio a ganhar uma fama tao grande e rápida quanto a própria Azealia, mas as comparaçoõs acabam por ai. Dono de um barítono hipnotizante, o clima de sua música segue o mesmo caminho, com um hip-hop que flerta tanto com os roots sombrios movidos a heroína dos anos 90, quanto com novos ritmos mais específicos como o funk, vogue, miami bass e witch-house. Ima Read hoje é uma das músicas mais tocadas em festas underground do mundo inteiro, e seus inúmeros remixes inundam blogs de todos os gêneros de musica.

Em apenas um ano, Ojay Morgan, a cabeça por tras do Zebra, ja tem um currículo invejável. Ja abriu shows da Lana Del Rey, abriu a turnê londrina da Azealia e ja voltou a colaborar em um incrível ensaio fotográfico com o Rick Owens para a revista Dazed & Confused. Seu apelo ao mundo fashion é tao importante quanto sua musica: seus videos possuem uma linda paleta em P&B, influencias darks como gimp masks, performances em locais decadentes, etc., que de acordo com uma entrevista que deu ao portal de música da Vice, a Noisey, não são pensadas anteriormente, mas surgem de sua vivência com outros artistas e da própria sonoridade de sua música. Recentemente ele lançou um vídeo para a musica W8WTF, possui a mixtape Champagne e trabalha em outra com outros produtores independentes e se dedica a trabalhos ligados a moda. Mais um ótimo artista que vai alem do titulo de queer hip-hop, que ja virou um titulo com artistas que vão a locais tão distantes uns dos outros, que o termo hip-hop auteurs seria o mais justo de usar para com essa rica safra de artistas que criam seus próprios mundos para poderem sobreviver e se expressar.

Share Button
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

EDRD

Eduardo Pininga – 25 anos, pesquisa música e estuda jornalismo.

Comments on Facebook