Desejo e insinuação na arte de José Pedro Godoy

jpg14

jpg1

jpg2

Um promissor artista chileno, José Pedro Godoy faz parte da nova safra de artistas em destaque no Chile, ele é um desses poucos artistas que consegue unir diversas referências sem soar anacrônico, ou sem personalidade. Sua arte possui elementos do barroco, realismo e da própria arte queer e homoerótica – não somente pela sensualidade latente que seus quadros exaltam, mas por possuir um certo deboche em torno do erótico, um traço típico da contestadora arte queer. Vale-se do uso dos corpos, por vezes desnudos e do sentimento de instinto masculino para construir uma narrativa concisa que contempla o conceito de paraíso. Um Éden perdido que exala luxúria,

jpg4

jpg5

jpg6

jpg7

jpg8

jpg9

jpg10

jpg11

jpg12

jpg13

Para conhecer mais do trabalho do artista, acesse.

Share Button
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

LNUS

Felipe Pedroso, é historiador, curador, pós-graduado em História, Arte e Cultura e especialista em Museografia e Patrimônio Cultural, dentre seus trabalhos, foi colunista web da Revista Trip e TPM e atualmente coordena o núcleo cultural do maior museu histórico a céu aberto do Brasil.

Comments on Facebook