III Mostra Mangue Cultural na Associação Raso da Catarina

Raso da Catarina realiza III Mostra Mangue Cultural de Março a Maio 2015 – Quatro coletivos culturais se apresentam gratuitamente em março na Praça Eder Sader

mangue1

Uma celebração à diversidade cultural toma, mais uma vez, o espaço da Praça Eder Sader, na zona oeste de São Paulo. Após uma primeira edição bem sucedida no mesmo local, a Associação Raso da Catarina promove apresentações de importantes coletivos da cidade, abrangendo grupos como ‘Pombas Urbanas’, ‘Orquestra de Berimbaus’, Coletivo Favela em Cena, entre outros, do dia 08/03 a 24/05. Diferentes linguagens artísticas serão ponte para interação entre produtores culturais e público, que poderá apreciar atrações de circo; teatro; música; hip hop e culturas populares, de forma gratuita.
Projeto realizado com o apoio do Governo do Estado de São Paulo e Secretaria da Cultura em parceria com a subprefeitura de Pinheiros e as instituições Gam Yoga & Bambu Brasil, a ação pretende ampliar a apropriação dos espaços públicos por meio da arte e da cultura, incentivando o engajamento da comunidade para superar as barreiras socioculturais que ainda persistem no bairro.

Era Uma Vez Um Rei - Tatit Brandão I (3)

Programação de Março
Todos os domingos de Março a Maio – 16 horas – Praça Eder Sader

Jordana – 08/03

Cantora mineira natural da cidade de Ubá MG, seu trabalho possui influências dos ritmos regionais, rock, jazz, e blues. Iniciou sua carreira aos 11 anos de idade cantando em bares, bailes e shows. A artista trás interpretações de grandes nomes da música brasileira como Chico Buarque, Milton Nascimento, Fernando Brandt, Chorão, entre outros. Seu show, intitulado de “Sabor de Vida”, abre a série de apresentações do III Festival Mangue Cultural.

Muccioloco Circus 15/03

A apresentação do grupo Muccioloco Circus se chama ‘Gari Muccioloco’, que estreou com temporada no Teatro Coletivo, em São Paulo, aos sábados e domingos de maio de 2012. O espetáculo já passou por 7 unidades do SESC; sendo contemplada com os prêmios de melhor espetáculo infantil e atores revelação para Pedro Muccioloco e Luka Ianchity, no 9° Festival Nacional de Teatro de Varginha. Também teve atuação enquanto espetáculo convidado do 14° Festival de Inverno de Bonito-MS, além de ter sido apresentado em escolas, saraus, cabarés e feiras livres.

Kolombolo 22/03

O Grêmio Recreativo de Resistência Cultura Kolombolo Diá Piratininga tem o objetivo de realizar atividades carnavalescas entidade e também realiza apresentações musicais e oficinas educativas, produz vídeos e registros fonográficos, tudo sempre voltado para a divulgação e valorização do samba de São Paulo, suas raízes e seus mestres.
Nesta apresentação, os integrantes do Kolombolo diá Piratininga e parceiros convidados trarão para o evento o samba de bumbo – uma expressão cultural tradicional paulista. Como uma intervenção de música e dança acompanhada por instrumentos de percussão artesanais, o grupo entoará cantos improvisados e obras de domínio público que ainda hoje podem ser ouvidas nas rodas dos grupos tradicionais do interior de São Paulo, com público sendo convidado a participar cantando, dançando e também improvisando nos versos.

Pombas Urbanas 29/03

O grupo teatral Pombas Urbanas completou ano passado, 25 anos de existência. Fechando o mês de março a trupe trás a peça ‘Era Uma Vez um Rei’.
Num final de tarde um grupo de mendigos se encontram em uma praça da cidade. Latas, Plásticos, Garrafas e Papelões criam o espaço onde vivem, descansam e fazem festa. De suas relações nasce uma brincadeira na qual um deles propõe ser Rei. A partir disto tem início um intenso jogo humano e imaginativo e esses mendigos saem da realidade em que vivem para representar as relações de poder da mesma sociedade que os marginaliza.

Informações, acesse.

Share Button
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

LNUS

Felipe Pedroso, é historiador, curador, pós-graduado em História, Arte e Cultura e especialista em Museografia e Patrimônio Cultural, dentre seus trabalhos, foi colunista web da Revista Trip e TPM e atualmente coordena o núcleo cultural do maior museu histórico a céu aberto do Brasil.

Comments on Facebook