John Mayer e as nuances de estilo no cenário musical

mayer2

Ele é dono de umas das vozes mais marcantes do cenário musical atual, com um timbre doce e aveludado, o cantor e guitarrista John Mayer é o que podemos chamar de um cantor multifacetário, começou a tocar guitarra já na adolescência, estudou música na Berklee College of Music em Boston, mas não chegou a se graduar, tentando a vida como cantor em bares de blues. E foi justamente com o blues que Mayer delineou boa parte de sua referência musical, se aproximando do estilo dos cânones do rock clássico como Jimy Hendrix e Eric Clapton.

Apesar de atingir fama e sucesso com suas canções sensíveis e com uma postura de cantor de acústico, não se intimidou com a pressão da indústria fonográfica em manter uma identidade única e iniciou um diálogo com outros gêneros da música, inicialmente começou uma aproximação com artistas do blues e do jazz, que resultaram em importantes colaborações, posteriormente John começou a flertar com o Hip Hop, que também se estendeu num terreno fértil – após trabalhar com rappers de grande nome como Kanye West e Common, conseguiu certa notoriedade dentro da comunidade negra, apesar de ter uma presença controvérsia dentro desta. Já se apresentou com Jay-Z e participou da produção de algumas faixas do álbum célebre do amigo Frank Ocean, dando o tom com sua guitarra.

Mesmo flertando com outros gêneros, John Mayer consegue manter uma essência contínua em seu trabalho, mesclando elementos que agregam no seu crescimento enquanto produtor, algo que fica bastante evidente em seus trabalhos recentes, como no disco “Born and Raised” (2012), elogiado pela crítica especializada, o qual atingiu o topo da parada de vendas da Billboard e refletiu nas arenas de sua turnê homônima – esgotando  ingressos para seus shows e espetáculos rapidamente pelo mundo todo.

A turnê marcou o retorno do cantor aos palcos, após um período nebuloso de problemas de saúde e cirurgias, passou por mais de 40 cidades somente nos Estados Unidos, contendo ainda datas no Canadá e Europa, e apresentou um repertório bastante variado, munido de um cenário e jogo de luzes que contemplavam uma atmosfera intimista.

mayer1

Fruto desse sucesso, Mayer decidiu estender a turnê “Born and Raised” para o Brasil em setembro desse ano, embora seu sexto disco Paradise Valley tenha previsão de lançamento para o início de agosto, o cantor irá utilizar da turnê do álbum anterior para promover seu novo disco, então àqueles que garantirem seus ingressos para John Mayer em São Paulo irão desfrutar além dos grandes sucessos do cantor, uma boa parcela de inéditas.

Share Button
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

LNUS

Felipe Pedroso, é historiador, curador, pós-graduado em História, Arte e Cultura e especialista em Museografia e Patrimônio Cultural, dentre seus trabalhos, foi colunista web da Revista Trip e TPM e atualmente coordena o núcleo cultural do maior museu histórico a céu aberto do Brasil.

Comments on Facebook