Innocent, in a way – Belladonna por Alberto Mielgo

Alberto Mielgo é um pintor e ilustrador de Madrid que depois de acabar seus estudos decidiu viajar para Londres, onde terminou trabalhandocomo diretor de arte, pintor e desenhista. Atualmente reside em Los Angeles onde trabalha para marcas mundialmente conhecidas como a Disney, Warner Bros., DreamWorks, Universal, BBC e outras. “Innocent, in a way” é um pequeno documentário que nos mostra dois diferentes mundos artísticos para uma combinação inesperada. Dirigido por Alexis Wanneroy que afirma “Foi uma experiência incrível captar aquela garota sexy mas tímida no seu relacionamento amigável e muito sincero com este carismático pintor. Tentei passar a mesma sensação durante a edição”. Alberto desenha e pinta Belladonna, uma atriz pornô americana que diz ” O que eu percebi do passar dos anos, é que quando estou em frente às cameras e vou fazer sexo, todas essas ideias sobre o que é certo e errado pela sociedade, simplesmente, vão embora” e parece combinar com o pensamento de Alberto “Por que minha pintura é chocante? São apenas pessoas relaxadas…pessoas nuas, que apenas mostram suas vaginas. Mas o que é vagina cara?… é a ferramenta mais importante da vida”. A edição foi feita de maneira a que os espetadores percebessem o quanto era um trabalho serio feito pelos dois artistas Confira mais sobre . Mais sobre Alberto em seu site.

Share Button

Fotografias de Stanley Kubrick em Nova York nos anos 40

Antes de Stanley Kubrick se tornar um renomado cineasta, ele era um fotojornalista em Nova York, onde trabalhava para a revista Look. Sua carreira de fotógrafo começou em 1945, quando tinha apenas 17 anos. De 1946 a 1950, Kubrick trabalhou para a revista, completando mais de 300 trabalhos documentando os locais e as pessoas da cidade de Nova York. Suas fotos estão sendo vendidas com edições limitadas em parceria com o Museu de Nova York.

Continue Reading

Share Button

Testando produtos: Peitos

Uma pequena animação criada pelo designer brasileiro Antonio Vicenti. Apaixonado por animação, peitos, stakebording e cerveja, segundo ele, onde se descreve em seu site. A ideia do vídeo foi de um sonho de infância, em ver sendo realizado o teste dos peitos, no programa de televisão dos anos 90 Beakman’s World. Como isso nunca foi possível, ele criou seu próprio teste. O vídeo ficou muito divertido! Confira o resultado.

Share Button

Pintura versus realidade, por Alexa Meade

 

A artista americana Alexa Meade de 23 anos, desenvolve uma técnica  fantástica e curiosa, digna de admiração, onde procura  transformar pessoas e objetos em cenas de pinturas a óleo acabadas de sair de uma tela. Alexa primeiramente pinta, e depois fotografa a cena, transformando a percepção tridimensional em bidimensional. Um olhar despercebido acredita fielmente em ser uma pintura, mas Alexa mantém alguns detalhes que revelam a realidade. Para ela, sua técnica “embaralha a divisão entre ilusão e realidade” e mostra que “ver não é necessariamente acreditar” e segundo a artista “as apresentações fotográficas criam uma tensão entre a suavidade das fotografias e do tato físico, borram as linhas entre o que é representado e representação em si“. Simplesmente encantador!

Confira mais! Continue Reading

Share Button

Gareth Pugh para MAC

É revigorante ver a quebra de barreiras que a moda proporciona, a prova disso são as parcerias que grandes marcas vêm trazendo para o seu portfólio. Neste último semestre tivemos a gigante Versace levando sua label às prateleiras da H&M, a Barneys NY incorporou um gift shop dedicado a cantora Lady Gaga e para o nosso deleite, a MAC firmou uma parceria com Gareth Pugh. O estilista conhecido por suas criações sombrias e de beleza inebriante, seguiu a tendência glam gothic ao desenvolver sua coleção, a parceria deu tão certo que o inglês co-produziu com Ruth Hogben  o video da linha de produtos.

Share Button

As fotografias ácidas de Frieke Janssens e suas crianças fumantes


A arte é usada constantemente para causar surpresa e reflexão. Através do impacto de uma imagem, ou um texto, diversos artistas se propuseram a questionar aspectos da vida em sociedade, considerados banais ou não. A fotógrafa Frieke Janssens resolveu mexer em um terreno espinhoso e resolveu discutir o hábito de fumar e as leis antitabagistas unindo elementos que na maioria das vezes são opostos entre si: crianças e nicotina. Tendo como referência e base para sua acidez, ela lembrou o caso do bebê da Indonésia que costumava fumar 40 cigarros por dia, e ficou conhecido mundialmente. Frieke, é da Bélgica, onde a lei antifumo ainda é um assunto recente, ela resolveu traduzir seus questionamentos nessa série fotográfica intitulada “A beleza de um vício feio” (“The beauty of an ugly addiction”), onde mostra crianças, de 4 a 9 anos fumando, com tamanha elegância, e habilidade, em trajes clássicos e retrôs, trazendo um ar vintage e melancólico para seu trabalho. Frekie trabalha juntamente com o photoshop, nos dando imagens belíssimas, esteticamente bem tratadas, e no entanto, chocantes.

O intuito de Frieke é confrontar a imagem de glamour do ato de fumar, propagada por tantos anos pela indústria do entretenimento, com o vício prejudicial que ele realmente é de fato. Questionada sobre a série polêmica, a belga se defendeu afirmando que ao colocar crianças no lugar de adultos, a atenção se voltaria completamente para o fumo. Se o objetivo de Frieke Janssens foi criar polêmica e repercutir seu trabalho ou realmente pensar a respeito dos malefícios da nicotina, não é possível saber ao certo. Sabemos de fato, que atenção ela conseguiu.

E pra quem já está desesperado achando que as crianças fumaram de verdade, fiquem tranquilos, eram apenas incensos de queijo. Confira mais! Continue Reading

Share Button

Pinturas undergrounds de Max Petrone


Massimiliano (Max) Petrone , 28 anos, de sangue forte e italiano vive para a pintura, e pintar é definitivamente seu trabalho. Suas artes são mais conhecidos por fontes undergrounds, com muita cor, e textura. Músicos, e pessoas de estilos diferentes e de um jeito particular. Pessoas ao seu redor que ele mesmo escontra em Turim, com algo especial, como fisionomias especiais e extravagantes, são algumas de suas inspirações. Se formou em 2003 no “Renato Cottini” Escola de Arte e participou da “Accademia Albertina di Belle Arti” em Turim , na Itália, onde vive, trabalha e expõe sua obras. Max, afirma que gostaria de viajar muito e expor suas artes com rostos particulares de cada lugar que visitasse.

 

Continue Reading

Share Button

O som californiano dream-wave do The New Division

Há alguns meses atrás, perambulando por blogs random, buscando por novidades musicais me deparei com uma banda que me chamou muito a atenção e acabei dando de cara com o  The New Division. Na época com um EP, o Rockie, de apenas 6 faixas, os garotos norte-americanos deixavam claro que a tendência era explodir na cena underground, com um som meio synth pop galáctica meio dream-wave eles nos levam a outro level, as suas músicas parecem carregar quem as ouve para flutuar no meio de uma nebulosa, um efeito quase que estantâneo. Tomando como influência o New Order Depeche Mode, para as músicas mais revivalistas, até chegar ao estilo mais Hot Chip e Cut Copy de ser nas mais dançantes. Hoje, com o novo trabalho intitulado de Shadows, a banda mostra que não só afirmou como também superou as minhas expectativas. Puxando para o lado mais retro de ser, porém sem exageros, vemos um pouco de Joy Division e Cure inseridos nas músicas. Usando os anos 80 sempre como base para manter a coesão entre os instrumentos e ritmo de cada faixa, acompanhando batidas firmes, cadenciadas e atmosféricas, o album como um todo passa que você nem sente. The New Division consegue provar que é possível reviver o melhor de vários em um só, retirando o que cada um tem de bom e costurando tudo junto, sem pensar demais, apenas se deixando levar. Mais uma prova de que a música de qualidade se recicla de tempos em tempos, basta saber fazer direito, e isso o TND provou que sabe com louvor. Sem dúvidas, Shadows é um dos melhores albums de 2011, vale a pena dar uma conferida.

Shadows by shadowslp

Share Button