FashionHunt – Lenço e Cachecol masculino

cac0

cac1

cac2

cac3

cac4
Continue Reading

Share Button

Os crânios esculpidos de Gregory Raymond Halili

cv1

Acredite, esses belos crânios no estilo fóssil são entalhados a mão e pintados com óleo e ouro em peças de madrepérola bruta. A proeza artística é do pintor filipino Gregory Raymond Halili, conhecido pelo seu delicado trabalho com aquarela – sua nova investida revela um artista inventivo, audacioso e extremamente detalhista. Para ver mais do processo criativo do artista, basta assistir ao vídeo abaixo.

cv2
Continue Reading

Share Button

A arte transcendental de Jon Jacobsen

jj1

jj2

Se você é um daqueles ratos de web que passa horas vagando pelo Tumblr, Flickr, Behance e afins, certamente já esbarrou com o fabuloso trabalho do artista autodidata chileno Jon Jacobsen. Ele começou a criar auto-retratos conceituais aos quinze anos em sua cidade natal, Quintero, Chile e desde então vem aprofundando sua técnica e expandindo as possibilidades de sua arte. Sua obra hoje contém gráficos e imagens narrativas que utilizam de simbolismo e principalmente do surreal, arriscando também em editoriais de moda e fotografia de arte.
A obra de Jacobsen foi apresentada com destaque em sua terra natal, tanto em exposições e publicações. Seu projeto “La voz del puerto” apresentou seu uso de design e fotografia digital para criar resultados únicos, e foi selecionado para a V Bienal de Design, em Santiago no Chile.

jj7
Continue Reading

Share Button

Os corpos sem pudor do #OcupeEstelita [+18]

tumblr_n6kc7q0wuV1tyqyfzo1_1280
tumblr_n6kc7q0wuV1tyqyfzo2_1280
Ainda durante a primeira semanada de ocupação no Cais José Estelita, área central da capital do estado de Pernambuco, se via medo, insegurança e esperança de ser ouvido. Esse turbilhão de sentimentos foi exposto em uma oficina próximo aos trens abandonados que existem na área pelo fotógrafo paulista membro do Coletivo Além Mateus Lima.
Em uma conversa aberta foi possível tratar não só sobre o que os ocupantes anseiam de melhor para o espaço como para a sociedade compartilhando experiências, receios, desejos, frustações, dúvidas e questionando assuntos tabus como sexualidade. Ficou claro que a transformação dos que fazem a ocupação já estava acontecendo desde o primeiro momento em que a decisão de ocupar fora tomada.
Através do corpo é possível sentir e se expressar. Passar uma ideia concreta do que queremos e de como absorvemos a troca de experiência com o externo. Nas fotografias fica claro esse turbilhão de sentimentos e a esperança no olhar alheio.
tumblr_n6kc5ozW881tyqyfzo6_1280 Continue Reading

Share Button

#OCUPEESTELITA

10329870_10203910785349583_5550998255032379933_o
Screen-Shot-2014-06-02-at-10.25.20-PM

O desejo de uma cidade acolhedora e pensada em seus habitantes tem mobilizado o Recife e chamado a atenção da mídia nacional e internacional e despertado o desejo de uma cidade melhor em muitos brasileiros. No ultimo dia 21 de maio deste mesmo ano O consórcio ‘Novo Recife‘ formado pelas construtoras Moura Dubeux, Queiroz Galvão, G.L. Empreendimentos e Ara Empreendimentos iniciou, na calada da noite, a demolição dos armazéns que ficam dentro do terreno de 100 mil m² à margem do rio Capibaribe, no bairro histórico de São José, centro do Recife. A demolição foi embargada pelo Iphan (Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) porque os galpões estão no perímetro do sítio histórico.
A ocupação completou no último dia 04 (quatro) de junho, quarta-feira, duas semanas e já conta com uma população fixa de aproximadamente 100 ocupantes que se dividem em tarefas e responsabilidades para manutenção e melhoria do local e condições de convívio.
Screen-Shot-2014-06-02-at-10.25.55-PM
A ação de demolição dos galpões de açúcar abandonados seria para a construção de 12 torres com 40 andares que fazem parte de um projeto com custo calculado em R$ 800 (oitocentos) milhões de reais (8 torres residenciais, 2 empresariais e 2 flats) formando assim uma ilha de luxo às margens do Capibaribe.
A área do Cais José Estelita pertencia a RFFSA (Rede Ferroviária Federal S.A) e foi arrematada em 2008, em leilão, por R$ 55 milhões, pelo consórcio ‘Novo Recife’, leilão este que é objeto de cinco ações judiciais que questionam sua legalidade. Continue Reading

Share Button

O erotismo pop nos desenhos de Van Arno

9_DSC_8594

camilleHI

O artista americano é uma combinação de referências. Desde sua origem no Missouri até seu passado de leão-de-chácara no Club Lingerie em Hollywood, emprego que pagava seus estudos na Otis-Parsons School of Design em LA. Essa mistura de ponta a ponta dos Estados Unidos gerou o verdadeiro pastiche e rende obras cheias de provocação e sexualização em corpos torneados e traços pop.

A obra de Van Arno traz trabalhos carregados de erotismo e referências animais, com incontáveis parcerias com a indústria musical. Se fosse possível separar os ingredientes por trás de Arno, com certeza apareceria muito de ilustração, comics americanos, heintais japoneses e um vasto background de história da arte. Ou seja, quase um filme erótico do Tarantino comprimido e passado para impressoras de HQs. [NSFW]

fates-downturnSM
Continue Reading

Share Button

MIXTAPE Intro

Untitled-1

Hoje, dia 06 (seis) de junho, o BLCKDMNDS completa 04 (quatro) anos de vida. E para celebrar esse lindo e saudosista dia de hoje preparamos uma mixtape que viaja no tempo e celebra a boa música.
Muito da moderna música popular, do folk, do rock e de qualquer outro gênero musical que tenha ou venha a surgir tem suas raízes ligadas à música negra americana (com influência do blues, do jazz e da música negra africana) e ao crescimento da música gospel nos anos 1920 do século passado. A base afro-americana da música popular utilizou elementos vindos da música européia e indígena. Os Estados Unidos tiveram também influência das tradições musicais e da produção musical na Ucrânia, Irlanda, Escócia, Polônia, América latina e nas comunidades judaicas. Para celebrar essa miscigenação de culturas nós preparamos um mixtape cheio de música diretamente influenciada ou influenciadora.
Intro serve como uma porta de entrada para o entendimento de onde vem a música de hoje e traz grandes nomes musicais de sempre. Marvin Gaye, Amy Winehouse, Daiana Ross, Frank Ocean, Kelis, Ray LaMontagne, Aretha Franklin e Solange são apenas alguns dos nomes que compõe essa delícia de mixtape capaz de embalar momentos a sós, a dois ou uma celebração inteira! Time to celebrate!

Intro by Raphael Maia on Mixcloud

Share Button