Naturally por Bertil Nilsson

naturally6

O fotógrafo londrino Bertil Nilsson criou uma série de fotografias que da o nome de “Naturally”, que explora o dinamismo da forma humana ativo dentro de paisagens naturais.

O fotografo capta os movimentos explosivos de artistas de circo e bailarinos, alguns dos quais são encharcado em pó colorido entrelaçado com corpos  nus contorcidos, criando uma estética surreal que é ao mesmo tempo visceral e abstrato.

nilssonphotography20

nilssonphotography14
Continue Reading

Share Button

A fotopintura de Laura Lucia Sanz

nu3

nu1

nu2

Cenas da intimidade de um casal são registradas fotograficamente e logo se misturam à tinta, assim nasce o trabalho de Laura Lucia Sanz. Natural de Bogotá, a artista que hoje reside em Nova York utiliza a pouco lembrada técnica da fotopintura (que no Brasil tem como expoente os trabalhos de Mestre Júlio) modificando esteticamente fotos de sua vida privada com a inserção de pinceladas carregadas. A massa rosa que vai afogando os amantes é composta por variações de luminosidade, delimita membros e vai se misturando. Os rostos perdem sua identidade em busca de alívio físico pertinente à lembrança. A série se constrói como um jogo de despersonificação estabelecendo a universalidade dos corpos, recurso presente em diversas obras como nos soldados de “Os Fuzilamentos de 3 de Maio de 1808″ de Goya. Subtraindo informações, o trabalho orbita para a formação de lacunas, abrindo espaço para outras reações sensoriais. Nomes são excluídos, pele e carne. A memória em meia fase quer doer menos.

Continue Reading

Share Button

A misteriosa mistura de jazz e efeitos eletrônicos de Ofei

a1179135696_10

Pouco se sabe sobre o londrino que vem despertando a curiosidade de muitos, mas que prefere se manter nas sombras. O lançamento de dois singles incríveis, carregados de reverbs e que misturam as origens da tradicional música negra americana ao gospel e a elementos eletrônicos e modernos, chama a atenção para os talentos de Ofei, um produtor que se esconde sob um piano dramático e uma voz melancólica e impactante.

Os quatro singles de seu primeiro EP estão disponíveis para download e impressionam. Diretamente das jukebox de todo o mundo, as claras influências do jazz e soul em sua música nos envolvem, juntamente com sua melodia e letras arrebatadoras. Uma mistura de talento, inteligência e sonoridade.

A pré-venda do EP London, que da nome à primeira (e talvez principal) música do álbum já tem lançamento no próximo dia 10 e a versão física ainda promete uma faixa bônus, chamada “Risk”. Vale a pena ficar de olho nesse misterioso talento.

Texto Rafaela Pietra

Share Button

Moda e Arte na exposição Till we drop de Jean-Paul Lespagnard

Till we Drop_Lespagnard_GG_03

Um local consagrado à arte dentro da maior e mais tradicional loja de departamento da Europa. Assim pode ser apresentada a Galerie des Galeries, localizada no primeiro andar da Lafayette Coupole, no edifício da Galeries Lafayette do Boulevard Haussmann, em Paris. O espaço, que tem por objetivo permitir aos clientes e visitantes conhecer os talentos de hoje e amanhã, promove, desde 2001, quatro exposições anuais que contemplam a criação francesa e internacional. Em seu viés curatorial, a programação busca destacar a transversalidade existente entre moda, artes plásticas e design, as quais, juntas, inspiram a Galeries Lafayette desde a sua fundação.

Till we Drop_Lespagnard_GG_11

Depois da mostra coletiva “A Tirania dos Objetos” (encerrada em 4 de janeiro), o espaço acolherá, entre 29 de janeiro de 5 de abril, a exposição “Till We Drop”, assinada pelo designer belga Jean-Paul Lespagnard. “O que nos seduziu é o seu senso de escárnio, um respiro! Autodidata, ele se expõe como um criador livre, quebrando a morosidade ambiente e desenvolve toda uma iconografia na qual ele se encena: fantasiado de abelha no México ou posando como Guillaume Tell com uma laranja na cabeça. Seu senso de arte de espetáculo e sua generosidade se unem as suas demais qualidades e nos motivou a convidá-lo para realizar uma exposição na Galerie des Galeries. Jean-Paul passou um tempo refletindo e, finalmente, janeiro de 2014 será a data escolhida, com a certeza de impressionar”, explica a diretora da galeria de arte, Elsa Janssen. “Tenho certeza de que o público não vai se decepcionar”, complementa, sinalizando de que as vitrines da Galeries Lafayettte da Rua Chaussé d´Antin também farão parte do projeto.

Till we Drop_Lespagnard_GG_001

Para esta primeira exposição na capital francesa, Lespagnard convida o público a explorar seu processo criativo. Inspirada na sua coleção de 2014 exibida em setembro de 2013, a mostra evoca a vida exuberante dos grandes hotéis da Riviera Maya (México) e faz ecoar uma certa ideia de paraíso artificial neste universo de transgressão e liberdade. Fantasiado de abelha, Lespagnard conduz o visitante a um mergulho neste cenário pontuado por inúmeros elementos, como ritos, usos e costumes do turista impulsivo e livre de qualquer contingência material.

Continue Reading

Share Button

Diego Max e os rumos da ilustração no Brasil

capa_78_destaque1

Nem Frank Frazetta, nem Charles Burns ou Robert McGinnis. Hoje, o assunto no BLCKDMNDS é um ilustrador brasileiro que vem tendo seu excepcional trabalho reconhecido recentemente. Diego Max é autodidata e vive de música, design e ilustração. Morador icônico de São Paulo, toca seu projeto musical – out track records – em alguns bares da capital e leva sua arte para os pôsteres que anunciam as apresentações. Talvez agora, depois de dar uma olhada mais a fundo em seu trabalho, você seja capaz de identificar alguns deles perdidos pela capital.

diego_max_obras_collage.01_jpg_srz

Assim como grandes nomes da ilustração nacional, como Walter Tierno, Rafael Grampá e Bá & Moon, Diego tem um estilo jovem e inovador com o qual atraiu olhares para suas obras. Resultado disso é capa última edição da Revista da Cultura, que traz um de seus trabalhos em ilustração. É o Brasil mostrando um pouco mais dos seus talentos. Nem só de samba – bom – vivem as terras tupiniquins.

Continue Reading

Share Button

MIXTAPE CHRISTMAS INDIE

xmasmix

Nossa mixtape de Natal está no ar! Selecionamos algumas músicas de bandas indies que fizeram músicas temáticas para essa época do ano. Na nossa listinha tem Summer Camp, Hurts, The xx, The Killers, She & Him e vários outros. Aqui no Brasil a gente é obrigado a ouvir todo ano Simone e seu “Então é Natal”, enquanto na gringa várias bandas investem e fazem suas versões de músicas natalinas. Então se você não quer passar o Natal ouvindo Simone, dá o play! E boas festas para todos!

Christmas Indie Mixtape by Felipe Augusto on Mixcloud

Share Button

As melhores animações para entrar no clima de Natal, ou não

xmas

Há quem ame e há quem odeie o Natal – essa que é a maior e mais importante festa Cristã onde comemora-se o nascimento do Menino Jesus e celebra-se o maior folclore ocidental: o Papai Noel. Santa Claus rouba a cena e até o propósito, por isso selecionamos as melhores animações para te deixar no clima natalino. Sarcasmo, ironia, deboche ,fofurinha, compaixão e espiritualidade, você escolhe! Aperta o play e vem com a gente.

Continue Reading

Share Button