Receitas visuais de Vernelle Noel

Ver receitas comuns pode ser uma tarefa chata e cansativa, pensando nisso, Vernelle Noel, arquiteto de formação, ilustrador, designer e viajante, originário de Trinidad & Tobago no Caribe, nos presenteia com uma deliciosa série divertida, de como ele mesmo as chama, receitas visuais, são receitas de drinks, e alguns pratos específicos em formato de uma espécie de infográfico, transformando todo o processo e seus ingredientes em ilustrações interessantes e divertidas. Genial, não é mesmo?

Continue Reading

Share Button

Criações de Fabio Zambernardi ganham destaque em editorial da LOVE Magazine

Fabio Zambernardi, designer diretor da Prada e da Miu Miu não poupou criatividade na hora de criar o figurino para a peça Don Giovanni de Filippo Timi. Tanto empenho e dedicação renderam ao novo figurinista algumas paginas de destaque na nova edição da LOVE Magazine. Irônico, atrevido, colorido, pop! essas poderiam ser algumas das formas de descrever os cliques assinados pelo fotografo Tim Walker.

LOVE-Magazine_Fabio-Zambernardi_01

LOVE-Magazine_Fabio-Zambernardi_02

LOVE-Magazine_Fabio-Zambernardi_03 Continue Reading

Share Button

Dualidades harmônicas por Igor Dadona

ID10

ID09

Se você ainda não ouviu falar doIgor Dadona, é hora de conhecer uma das promessas do cenário nacional! Igor é um estilista que consegue trazer algo fresco e novo do que é aparentemente simples para o ainda pouco explorado universo masculino. Já falamos dele aqui e aqui e não cansamos de nos surpreender com seu talento. Em outubro passado Igor apresentou sua coleção de Outono/Inverno 2014 na Casa de Criadores, e conquistou elogios de pessoas renomadas do meio, conseguindo desde então cada vez mais visibilidade.

IGORDADONA2

Sua coleção tem como referência a obra do pintor americano Michael Hussar e mescla elementos do mundo masculino e feminino, trazendo alusões à religião e ao sexo. Igor trabalhou com as dualidades de gênero e de cores, com uma cartela composta apenas por preto, branco e off-white, criando para suas peças um universo sombrio, porém belo.

IGORDADONA

O que chama a atenção nas peças do estilista é a cuidadosa harmonia entre silhuetas perfeitamente usáveis (e prontas para serem transportadas para as ruas) e as formas e traços que compõem as mesmas. As modelagens trazem linhas que destacam o corpo masculino entre os tons contrastantes e o frescor vem através dos tecidos valorizados com detalhes impecáveis: couro sintético misturado com peles sintéticas, lã e moletons com pérolas são apenas alguns dos exemplos do cuidado de Igor. A ideia é mostrar um homem com apelo fetichista sem a necessidade da exposição do corpo, como vemos por exemplo com a utilização de leggings por baixo de bermudas, combinação que fora do Brasil tem ganhado adeptos nos últimos tempos.

Continue Reading

Share Button

Lovers – A busca pelo amor em livro de fotografias de Giulia Bersani

IMG_20140213_0001

Foi uma enorme satisfação receber a notícia de que uma de nossas fotógrafas favoritas, a italiana Giulia Bersani (que nós já falamos aqui), iria lançar um livro com alguns de seus trabalhos. O projeto intitulado Lovers é um livro sobre a obsessão humana de “ter alguém”, “de não estar só”, aquela busca incessante pela cara metade e pelo amor.

01

Bersani iniciou este projeto há um ano, em um período em que ainda estava solteira e como a própria descreve com uma enorme necessidade de ter alguém; decidiu então roubar momentos e gestos do outros casais, o que a fez se encontrar em cada uma das garotas fotografadas. De um casal para o outro algo permaneceu ,então se deu conta de que esses momentos contam uma história universal do amor, e é nisso que o livro se baseia, na sutileza e na profundida de que uma pessoa pode dedicar-se a outra com sentimentos.

IMG_20140213_0005

O pequeno livro é dividido em três partes, a primeira diz respeito ao início de uma história de amor pautado principalmente no interesse e na curiosidade, a segunda, como não poderia ser diferente refere-se ao meio da história. Algo que a artista descreve como o ápice de sentimentos, aquele momento em que você só quer ser realizado e protegido, deixa de ser racional e de pensar no futuro. Por fim, a terceira parte é centrada naquele momento calmo e melancólico onde a racionalidade volta a tona e a alegria muito facilmente se torna o medo da perda.

Participaram do projeto 15 casais incluindo ela mesma com alguns de seus ex-namorados e o atual,  o livro é impresso em uma edição limitada de 150 exemplares, cada exemplar é numerado, assinado e em parte escrito à mão pela própria autora, num processo artesanal tão singelo quanto suas fotografias e o seu olhar delicado para o amor.

08
Continue Reading

Share Button

Os Registros Corporais de Folle

01

02

03

A série “Impressões Ambulantes” surge em busca do registro do mínimo que afeta o físico, como um diário corporal. Marcas temporais que se instalam pela pele, como arranhões, machucados ou até mesmo camadas de tinta, dão forma ao trabalho que experimenta o corpo enquanto suporte para a arte. A fugacidade das intervenções capturadas dialoga sobre o momento que vem e vai embora, mas que de alguma forma nos modifica. Choque entre abstrato e concreto que vai se derivando de ações e limites do corpo. O artista goiano Francisco F. Beraldo, que assina como Folle, somou maquina fotográfica analógica e scanner ao processo de execução da ideia possibilitando resultados estéticos variados em suas imagens.

Continue Reading

Share Button

A geometria audiovisual de Emanuele Kabu

short1

short2

short3

Ele é daquele tipo de artista que não se prende a uma única mídia como suporte, longe disso, o italiano Emanuele Kabu explora todas as possíveis nuances artísticas para empregar seu trabalho. Iniciou sua carreira no graffitti em 1994 e hoje permeia entre a ilustração, pintura, animação e música. Com uma estética bastante orgânica, fluída e pictórica – produz arte experimental desenhada à mão com uma forte característica voltada para traços geométricos.

Kabu já produziu inclusive um clipe para a banda Little Dragon, num trabalho bastante psicodélico convergido numa narrativa desfragmentada, dentre esse, ainda uma dezena de vídeos incríveis, além é claro de todo seu trabalho como ilustrador tradicional e artista de rua.

Para conhecer mais, acesse.

Share Button

O fantástico aquarelado de Victor Octaviano

VictorAquarela6

Victor Octaviano

1530465_754483011246632_260965099_n

Natural de São Paulo, Victor Octaviano é ilustrador e tatuador autodidata, autor de uma gama de arte incrível e marcante, resultadas de sua maior característica – manchas e pinceladas de tintas. Suas obras são únicas, com formas e traços livres e de muita cor, o que abre espaço para inserir novas ideias durante o processo criativo. Atualmente o artista utiliza a técnica do aquarelado em suas tatuagens, além de ministrar workshop’s de aquarela para tattoo.
Continue Reading

Share Button

A depravação das princesas Disney por Dillon Boy

disney6

O trabalho de Dillon Boy surgiu a partir de uma arte de rua e grafite, combinando cultura pop, branding, publicidade, e talvez mais importante, a capacidade de tomar essas fontes ainda mais do que eles se destinam. Esta evolução (ou involução) é evidente em sua série DIRTYLAND, onde o artista tem os ícones de infância cada vez mais popular e remove seu contexto, e roupas.

Dillon retrata princesas da Disney de uma forma que envolve as tais icônicas com menos roupas do que estamos acostumados, fumando cigarros, sendo sensuais e fazendo coisa que normalmente as princesas da Disney não fariam. Esta reapropriação de ícones da cultura pop não é novidade, mas parece estar acontecendo numa escala cada vez maior e com uma maior frequência. Sinais indicativos de que os artistas são remanescentes e relevantes para muitos públicos, constantemente questionando o que há diariamente, além é claro, de propor uma discussão, com uma boa dose de sarcasmo de que é possível um modelo subversivo do cristalizado padrão das Princesas Disney.

disney1

disney2
Continue Reading

Share Button