O balé de corpos contorcidos na fotografia de Evelyn Bencicova

eb1

eb2

Um balé de corpos nus, fotografias conceituais que prestam homenagem à arte clássica, mas também podem ser entendidas como um reflexo da condição humana no melhor da fotografia contemporânea. Ecce Homo, nome do projeto da artista e fotógrafa de Berlim, Evelyn Bencicova, retrata motivos artísticos comuns com origens bíblicas a fim de incluir representações de violência e guerra em sua narrativa envolta em mistério, submetendo o espectador ao questionamento sobre o que realmente aconteceu com esses corpos contorcidos.

eb3
Continue Reading

Share Button

MIXTAPE BLCKDMNDS 4 anos PARTE II por Thiago Loretto

4b

Pra celebrar mais um ano de vida do BLCKDMNDS, um projeto do qual nossa equipe se dedica tanto e com tanta paixão, nada melhor do que uma comemoração dupla, uma mixtape mais do que especial – um presente do querido Thiago Loretto, dj sensação das festas mais quentes e das pistas mais espertas de Uberlândia – que também é leitor de longa data aqui do blog e gentilmente nos presenteou com uma seleção incrível que sintetiza muito bem nossos quatro anos de existência! Então aperta o play, arrasta o sofá e vem com a gente, porque a festa não pode acabar.

It’s June & BLCKDMNDS is 4 Mixtape by Thiago Loreto

Share Button

FashionHunt – Lenço e Cachecol masculino

cac0

cac1

cac2

cac3

cac4
Continue Reading

Share Button

Os crânios esculpidos de Gregory Raymond Halili

cv1

Acredite, esses belos crânios no estilo fóssil são entalhados a mão e pintados com óleo e ouro em peças de madrepérola bruta. A proeza artística é do pintor filipino Gregory Raymond Halili, conhecido pelo seu delicado trabalho com aquarela – sua nova investida revela um artista inventivo, audacioso e extremamente detalhista. Para ver mais do processo criativo do artista, basta assistir ao vídeo abaixo.

cv2
Continue Reading

Share Button

A arte transcendental de Jon Jacobsen

jj1

jj2

Se você é um daqueles ratos de web que passa horas vagando pelo Tumblr, Flickr, Behance e afins, certamente já esbarrou com o fabuloso trabalho do artista autodidata chileno Jon Jacobsen. Ele começou a criar auto-retratos conceituais aos quinze anos em sua cidade natal, Quintero, Chile e desde então vem aprofundando sua técnica e expandindo as possibilidades de sua arte. Sua obra hoje contém gráficos e imagens narrativas que utilizam de simbolismo e principalmente do surreal, arriscando também em editoriais de moda e fotografia de arte.
A obra de Jacobsen foi apresentada com destaque em sua terra natal, tanto em exposições e publicações. Seu projeto “La voz del puerto” apresentou seu uso de design e fotografia digital para criar resultados únicos, e foi selecionado para a V Bienal de Design, em Santiago no Chile.

jj7
Continue Reading

Share Button

Os corpos sem pudor do #OcupeEstelita [+18]

tumblr_n6kc7q0wuV1tyqyfzo1_1280
tumblr_n6kc7q0wuV1tyqyfzo2_1280
Ainda durante a primeira semanada de ocupação no Cais José Estelita, área central da capital do estado de Pernambuco, se via medo, insegurança e esperança de ser ouvido. Esse turbilhão de sentimentos foi exposto em uma oficina próximo aos trens abandonados que existem na área pelo fotógrafo paulista membro do Coletivo Além Mateus Lima.
Em uma conversa aberta foi possível tratar não só sobre o que os ocupantes anseiam de melhor para o espaço como para a sociedade compartilhando experiências, receios, desejos, frustações, dúvidas e questionando assuntos tabus como sexualidade. Ficou claro que a transformação dos que fazem a ocupação já estava acontecendo desde o primeiro momento em que a decisão de ocupar fora tomada.
Através do corpo é possível sentir e se expressar. Passar uma ideia concreta do que queremos e de como absorvemos a troca de experiência com o externo. Nas fotografias fica claro esse turbilhão de sentimentos e a esperança no olhar alheio.
tumblr_n6kc5ozW881tyqyfzo6_1280 Continue Reading

Share Button

#OCUPEESTELITA

10329870_10203910785349583_5550998255032379933_o
Screen-Shot-2014-06-02-at-10.25.20-PM

O desejo de uma cidade acolhedora e pensada em seus habitantes tem mobilizado o Recife e chamado a atenção da mídia nacional e internacional e despertado o desejo de uma cidade melhor em muitos brasileiros. No ultimo dia 21 de maio deste mesmo ano O consórcio ‘Novo Recife‘ formado pelas construtoras Moura Dubeux, Queiroz Galvão, G.L. Empreendimentos e Ara Empreendimentos iniciou, na calada da noite, a demolição dos armazéns que ficam dentro do terreno de 100 mil m² à margem do rio Capibaribe, no bairro histórico de São José, centro do Recife. A demolição foi embargada pelo Iphan (Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) porque os galpões estão no perímetro do sítio histórico.
A ocupação completou no último dia 04 (quatro) de junho, quarta-feira, duas semanas e já conta com uma população fixa de aproximadamente 100 ocupantes que se dividem em tarefas e responsabilidades para manutenção e melhoria do local e condições de convívio.
Screen-Shot-2014-06-02-at-10.25.55-PM
A ação de demolição dos galpões de açúcar abandonados seria para a construção de 12 torres com 40 andares que fazem parte de um projeto com custo calculado em R$ 800 (oitocentos) milhões de reais (8 torres residenciais, 2 empresariais e 2 flats) formando assim uma ilha de luxo às margens do Capibaribe.
A área do Cais José Estelita pertencia a RFFSA (Rede Ferroviária Federal S.A) e foi arrematada em 2008, em leilão, por R$ 55 milhões, pelo consórcio ‘Novo Recife’, leilão este que é objeto de cinco ações judiciais que questionam sua legalidade. Continue Reading

Share Button