Autorretratos camuflados de Cecilia Paredes

Cecilia Paredes

Cecilia Paredes

Usando do seu próprio corpo como suporte para a sua arte, a peruana Cecilia Paredes, que permeia entre o Peru e a Filadélfia nos Estados Unidos, usa de elementos naturais para compor seu trabalho e recriar uma linguagem através de performance, usando maquiagem, pintura corporal ou qualquer outro recurso para compor suas imagens antropomórficas. São autorretratos camuflados que incorporam o sujeito a paisagem em motivos florais, animalescos e em padrões geométricos.

Cecilia Paredes

Continue Reading

Share Button

A arte subversiva de Niark1

Sebastien Feraut aka Niark1, é um daqueles artistas multifuncionais, de talento múltiplo que designa seu trabalho a várias vertentes da manifestação artística, desde pintura, ilustração até ao grafite. Com um traço singular e bem característico cria uma experiência visual baseado em seu imaginário que tem como referência a escuridão e o mundo cruel, criando uma sensação dúbia e contraditória já que sua obra é repleta de cores.

Continue Reading

Share Button

O lifestyle de Los Angeles nas fotografias de Bryan Sheffield

A fim de transpor o estilo de vida de Los Angeles sob suas lentes, o fotógrafo Bryan Sheffield, que já trabalhou para as revistas como Nylon, Bilboard entre outras e para algumas gravadoras como Sony, BMG e Virgin Records, realizou no decorrer de sua carreira diversas séries de fotografias que mostram o multiculturalismo da costa oeste americana, assim como sua vida fervescente e calorosa.


Continue Reading

Share Button

Paletas de Pantone naturais

pal0

pal1

pal2

A natureza é mesmo surpreendente e fascinante, não é mesmo? Pensando nisso o Tumblr de arte Natural Palettes se dedica a combinar todas as cores de Pantone com cenários naturais e belas paisagens, o resultado você vê aqui – são gifs com imagens exuberantes das forças da natureza com suas respectivas e variadas paletas de cores.

pal3
Continue Reading

Share Button

O Jardim dos Sentidos de Ary Regis Lima

jar1

jar2

jar3

Vez ou outra recebemos alguns trabalhos que surpreendem pela execução e por tamanha beleza, com o trabalho do Ary Regis Lima não poderia ser diferente, o fotógrafo consegue transpor suas referências de artes visuais em registros sensíveis e poéticos. Na sua recente série Jardim dos Sentidos, inspirada na famosa tela do pintor florentino Boticelli, o fotógrafo resgata o conceito da Alegoria da Primavera para compor uma narrativa que contempla o luxurioso e o sombrio, onde o homem se mantém onipresente e o hedonismo dialoga com o espiritual. Assim como a tela renascentista apresenta seres míticos e a simbologia da flora primaveril, Ary transpõe os mesmos elementos numa releitura harmoniosa e pessoal.

jar12
Continue Reading

Share Button

O mundo dentro do mundo

mundo1

mundo2

mundo3

O mundo dentro do mundo – o título já sugere muita coisa, mas trata-se de um curta que busca retratar o contraste entre o mundo caótico das grandes cidades e a busca interior por plenitude, essa, que talvez seja uma das principais dicotomias da contemporaneidade. O curta começa com imagens preto e branco da agitada cidade de São Paulo, sonorizado em uma densa atmosfera, para retratar o claustrofóbico mundo que vez ou outra nos encontramos. O ponto de virada ocorre quando o protagonista resolve olhar para dentro, fechando o seus olhos para o mundo externo, e entrando em estado meditativo. Para retratar essa quebra uma tv é destruída em imagens super slow. O vídeo traz imagens conceituais numa narrativa repleta de simbolismo, tem autoria da produtora Creativeclips gravado com uma câmera de cinema digital Red Epic, com edição da Da Vinci Resolve e a parceria cultural do BLCKDMNDS.

Share Button

Esculturas de objetos do cotidiano emparelhados por Michael Johansson

johansson12

johansson11

johansson10

johansson07

O artista sueco Michael Johansson retira objetos do cotidiano de seu contexto normal e cria instalações com obras lúdicas que geram reflexão.  Michael vai a feiras de velharias à procura de peças, aparentemente inúteis, como malas velhas, gavetas, caixas, estantes, pias, computadores, televisões, etc, e os transforma em esculturas bastante interessantes.

Johanson consegue descobrir nas irregularidades dos objetos que encontra nestes locais, afinidades e coincidências que permitem “emparelhá-los” de formas improváveis, formando um tetris da vida real. Uma referência ao consumismo, que faz com que nossa vida vire um jogo de encaixar mais e mais bens nos espaços que sobram.

Continue Reading

Share Button

Pinturas realistas de Alberto Mielgo

O espanhol Alberto Mielgo, que reside atualmente em Londres, produz pinturas que mais parecem fotografias, com uma capacidade espantosa de criar um aspecto de realismo literal em seu trabalho, que não se limita apenas à pintura, dedica-se a diversas plataformas de manifestações artísticas, trabalhando também como designer e ilustrador, usualmente seu trabalho também é utilizado na produção de histórias em quadrinhos, os famosos comics. Tem entre seus clientes, desde a rede BBC à gigante dos vídeo games XBOX.


Continue Reading

Share Button