FashionHunt: Margaridas

daisies-daisy-drew-barrymore-flowers-pretty-favim

Miranda Kerr causou quando saiu por aí usando um vestido da Topshop e a Prada já apostou nas simpáticas flores em temporadas passadas, mas parece que agora a avalanche de margaridas veio junto com o mood anos 90 que a Moda tem sugerido. De vestidos a colares, as flores trazem um ar vintage e inocente às composições.

daisy-print-tea-dress

070913-katyperry2

2975056_2a
Continue Reading

Share Button

Editorial de Moda em GIFs por Bernardo Sardi

EDTRL-Dario-038

Acostumado com fotografias de Moda, como já vimos aqui, o fotógrafo londrinense Bernardo Sardi foi além no editorial Epilepsy, em que explora de forma experimental a imagem por meio de GIFs, unindo técnicas de manipulação digital com intervenções manuais como desenhos. Com a utilização de peças de inspiração fetichista, o editorial traz a imagem masculina em conflito e transformação.

EDTRL-Dario-122

EDTRL-Dario-139
Continue Reading

Share Button

O reino animal insano de Kate Bergin

kate-bergin-06

Kate Bergin é uma artista australiana, que funciona dentro do gênero de vida, iniciando a criação de pinturas com a ideia de esperar o inesperado. Kate leva suas pinturas como homenagem a Leonardo da Vinci , Carl Vernet e Juan Sanchez Cotan. Suas loucuras servem para questionar o que é mais real – a pintura ou a pintura da pintura. Depois de uma vida de aparência, quem entre nós pode ser verdadeiramente certo de que o que vemos é verdadeiro ou inventado, sincero ou satírico. Cuja melodia alegre que estamos dançando.

Nas pinturas de Bergin os animais passaram do sentido básico da vida, são ofertas ou simples troféus que agora se reúnem na mesa. Os animais selvagens, exóticos e cotidianos com objetos se unindo no cenário. Alguns parecem à vontade, alguns confusos e outros olham como se eles tivessem que executar tarefas extraordinárias só para ser notado.
As pinturas incluem quase sempre o telefone preto do ‘film noir’, sugerindo, como todos os bons contos de fadas e todos os ambientes domésticos aparentemente felizes, podem haver alguma ameaça subjacente.

kate-bergin-03

kate-bergin-10

kate-bergin-05

Continue Reading

Share Button

As coloridas ilustrações de retratos de músicos por Tuna Bora

18-tuna-bora-2-640x631

Tuna Bora é uma ilustradora freelance natural de Istambul, e atualmente vive em Los Angeles, onde já teve trabalhos em animação, games, comercial e exposições em galerias. Nessa série de ilustrações, a artista cria retratos coloridos de músicos do cenário Indie/Pop, como Daft Punk, Björk, Blood Orange, St. Vincent, Lorde, Jack White, Julian Casablancas, Santogold e muitos outros.

9-santogold

8-tuna-bora-bjork

7-woodkid

Continue Reading

Share Button

Vídeo explora a simetria nos filmes do diretor Wes Anderson

Wes Anderson 1

Wes Anderson 2

Wes Anderson 3

Uma das características dos filmes do diretor americano Wes Anderson é o uso de objetos centralizado, criando uma perfeita simetria nas cenas. O vídeo foi elaborado por um cineasta que atende pelo nome de Kogonada como um projeto paralelo. A simetria em cada cena é ilustrada com uma linha pontilhada no meio da tela. Seja uma pessoa, ou uma porta, ou objeto centralizado dividindo em metades perfeitas. Entre os filmes que aparecem estão Fantastic Mr. Fox, The Darjeeling Limited, e Moonrise Kingdom.

Share Button

O incrível mundo surreal do fotógrafo Rob Woodcox

9

5

3

2

Rob Woodcox é um fotógrafo estadunidense, natural de Houston – Texas. Suas fotografias surreais remetem um toque fabuloso e contagiante de aventura, inovação e espirito de criança, integrando-as aos elementos da natureza, com facetas únicas e sem limites. Um trabalho bastante criativo e inovador que conquistou grandes premiações, além de participações em entrevistas.

Continue Reading

Share Button

Obscuridade e melancolia nas fotografias de grENDel ART

6815236574_56806eeaa8_b

7759666302_786fc81da5_b

7929872438_6caa073be7_b

João Martins, também conhecido por Grendel Art, é um fotógrafo auto-didata de Portugal, que vive numa pequena vila chamada Golegã. Seu pseudônimo Grendel, vem do nome do monstro do poema anglo-saxão Beowulf. Tendo como sua maior inspiração a música, assim como outros artistas de imagem, tais quais: Mark Wilkinson, Travis Smith, H.R. Giger, Hugh Syme, etc; seu trabalho fotográfico mistura elementos surreais com um toque sombrio e misterioso resultando em imagens fantásticas, dentro da área sci-fi, realizando diversos trabalhos para bandas nacionais e internacionais, e dizendo-se multifacetado:

“Gosto de explorar várias vertentes dentro desta área. Não gosto de me agarrar muito a um único estilo de imagem como se fosse uma assinatura própria, gosto de variar. Comecei na época das analógicas, depois descobri o mundo da fotografia digital e desde então não parei de criar mundos que captam a minha imaginação. É um processo longo, mas vale a pena.”

Continue Reading

Share Button

A caça aos cobogós

1505428_704447492953424_600031085717074479_n
10247338_705248036206703_7209152879574040180_n
1185002_568208506577324_1761967071_n
O projeto Dingbat Cobogó é uma fonte digital criada pelo designer e produtor cultural Guilherme Luigi baseado na pesquisa Cobogó de Pernambuco do designer, fotógrafo e pesquisador Josivan Rodrigues.
Em sua primeira fase apresenta 36 símbolos em versão positiva e negativa. Disponibilizada gratuitamente no site do projeto para download, podendo ser utilizada em qualquer programa com editor de texto.
Explicado o projeto chegou a hora de falar da segunda parte do mesmo: a caça aos cobogós. Continue Reading

Share Button