SECO, um editorial que resgata as raízes do homem nordestino, por Eder Deó

Eder Deó

Eder Deó

Eder Deó

Seco é um editorial de teor totalmente artístico, que é configurado em cima do estereótipo do homem nordestino. As referências principais são a seca, a coragem de sair rumo à condições de vida melhor, criando assim uma simbologia de “semi-deus” do homem do nordeste por essas características. Alcançando seus objetivos, de fazer do nada, ou do pouco que se tem, tudo.

Nesse novo ensaio, Eder Deó trás sua visão ao já conhecido mundo nordestino. Valorizando os elementos da terra o fotógrafo cria cenários crus, reflexos de uma realidade dura, dando a cada imagem uma interpretação individual. Junto com sua equipe, criam um editorial sedutor e carregado de conceitos e interpretações.

Eder Deó é fotografo e diretor de arte e em quase 5 anos de experiência, já desenvolveu uma habilidade, técnica e visão artística que o possibilita recriar mundos, através da visão obtida por suas lentes e cliques. Fez curso de fotografia na London College of Fashion, onde lapidou ainda mais seu trabalho e pode juntar criatividade e técnica para produzir um trabalho digno das melhores galerias e exposições fotográficas do país, sendo premiado, no V Prêmio Pernambucano de Fotografia pela FUNDARPE em 2011.


Eder Deó

Eder Deó

Eder Deó

Eder Deó

Eder Deó

Para ver mais do trabalho do artista, visite seu Flickr aqui.

Share Button
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

LNUS

Felipe Pedroso, é historiador, curador, pós-graduado em História, Arte e Cultura e especialista em Museografia e Patrimônio Cultural, dentre seus trabalhos, foi colunista web da Revista Trip e TPM e atualmente coordena o núcleo cultural do maior museu histórico a céu aberto do Brasil.

Comments on Facebook