SINLOGO promove mostra no Trackers

tra1

No dia 08 de outubro, terça-feira, a galeria do Trackers recebe a primeira mostra do estúdio Sinlogo, um estúdio de criação, fundado em 2005, especializado em ilustração e animação, com foco em técnicas tradicionais e analógicas, como stop motion, 2D, cutout e caligrafia. A exposição fica até o dia 19 de outubro e até lá, além da série de trabalhos autorais de seus criativos, que vai da produção de desenho à filmes, passando por fotografia, ilustração e tipografia, haverá uma série de ações especiais no prédio (conhecido pelas festas itinerantes) como a palestra tipográfica sobre a história da caligrafia, tag e pixação.

As inscrições para as ações com capacidade limitada serão feitas a partir de duas semanas antes do evento, através de confirmação pelo email: mostra@sinlogobr.com.

tra2

A mostra ocupa a galeria do Trackers, no 1º andar do prédio, localizado no Centro de São Paulo e dedicado à formação de produtores de música e vídeo. No dia 08 de outubro, terça-feira, das 19h às 23h, acontece a vernissage para convidados e, após a abertura, a partir das 23h, acontece no 2º andar, uma festa do Coletivo Metanol, com entrada a R$10,00.

tra3

Confira a lista de convidados e a programação da mostra:
Filipe Grimaldi

Filipe Grimaldi é co-fundador e diretor de arte e criação na Sinlogo. Seu primeiro contato com design gráfico e web se deu em 2005. A partir de lá, após desenvolver trabalhos comerciais e autorais notáveis, inclusive na área de animação, passou a aliar caligrafia e lettering à novas formas de composição gráfica nos projetos que dirige.

Alois Di Leo

Alois Di Leo, diretor de animação e filmes, nasceu no Perú e cresceu em São Paulo, onde fundou o estúdio de animação e criação Sinlogo. Estudou direção de animação em Londres e, entre inúmeros trabalhos autorais, possui em seu currículo o curta-metragem “The Boy Who Wanted to Be a Lion (2010)”, premiado como melhor filme em animação no Stuttgart Festival of Animated Film, além de ter recebido o prêmio do Lotte Reiniger Promotion Award e ter circulado por festivais em Cannes, Hiroshima, Annecy e São Paulo.



Kadu Doy é ilustrador e atua como diretor de arte, aliando técnicas do design à linguagem urbana de seu trabalho autoral. Em seu currículo, possui trabalhos assinados para a Revista Trip, a marca de óculos Evoke e obras expostas na Choque Cultural, Museu Brasileiro da Escultura, Hinfumya (Osaka) e Kobe Urban Festival (Kobe).

tra4

Felipe Yung (FLIP)
Felipe Yung, mais conhecido como Flip, é artista plástico e faz graffiti. Suas influências são cultura urbana, design, camuflagem e padrões da natureza, fetichismo e caligrafia Japonesa (Shodo) e urbana (tags e pixação). Integrante do time de artistas da Galeria Logo, seu trabalho autoral pode ser visto em galerias de Madrid, Barcelona, Los Angeles, Londres, Paris, São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Salvador. Em seu currículo, possui trabalhos de direção de arte para o músico Marcelo D2, a rede internacional de
restaurantes Sushi Samba e cenários para o SESC São Paulo.

Marcelo Santos
Marcelo Santos é ilustrador apaixonado por desenho e história em quadrinhos. Com forte influência de graphic novel e graffiti, utiliza a técnica de pintura em nanquim na execução de ilustrações para animação e foto-composição. Em seu currículo, possui graduação em design gráfico pela faculdade Belas Artes, em São Paulo, além de curso de character design, em Londres.

Gonçalo Gavino
Gonçalo Gavino nasceu no Brasil, mas cresceu em Portugal. Formado no curso de Marketing e Publicidade, passou de assistente de produção a assistente de direção em filmes publicitários,
permanecendo na área por 3 anos. Após este período, retornou ao Brasil, dando continuidade aos estudos com foco em montagem e direção fotográfica de projetos documentais. Como resultado, mergulhou no universo da street art, somando em seu currículo a direção da web série Grafitismo; registro documental sobre a atual cena de graffiti em São Paulo e no mundo, produzida pelo estúdio Sinlogo.

Haruo Kaneko
Haruo Kaneko é fotógrafo e assistente de arte. Sua carreira teve início no design e se enveredou para fotografia e direção de arte para filmes. Dentre seus trabalhos, destacam-se técnicas de fotografia com light painting e retratos femininos. Atualmente coordena o site BrWax, registros fotográficos despretensiosos de modelos em situações cotidianas, e produz conteúdo fotográfico para a Sinlogo, marcas de roupa e revistas de surf.

tra5

Ações especiais

– Vernissage e Festa de Abertura. Dia 08 de outubro, às 19h.
No dia da abertura da exposição será feita uma vernissage aberta ao público, com presença dos artistas participantes. Após a abertura acontece uma festa no andar superior da mostra, com os sete integrantes do Coletivo Metanol. Durante o horário de visitação da exposição, haverá trilha sonora do Coletivo Metanol FM, que transmitirá diretamente do local uma edição de sua rádio online (www.metanol.fm).

– Palestra de Beat com Abud. Dia 09 de outubro, das 15h às 18h.
Sessão de produção musical com capacidade para 40 convidados. Em um período de 3 horas, o DJ e produtor Abud explicará quais as técnicas utilizadas por ele na construção de batidas, recorte de samples, mixagem através da lendária akai mpc 2000xl e na vivência entre equipamentos analógicos e digitais.

– Beat It (Sessão musical com a Metanol Fm e convidados). Dia 11 de outubro, das 15h às 18h.
Ensaio aberto e sessão de improviso e construção de batidas ao vivo, conduzida pelos integrantes da Metanol FM e convidados. Com capacidade aproximada para 100 pessoas, os participantes convidam o público para participar de uma sessão de produção com o uso de equipamentos analógicos e digitais, podendo interagir tocando instrumentos ao lado dos produtores. O resultado deste encontro será compilado em forma de álbum digital e disponibilizado para download gratuito ao fim da exposição. Na ficha técnica, constará ainda o nome dos produtores, dos convidados presentes e a lista de equipamentos utilizados na produção do álbum.

– Visita guiada de escolas públicas. Durante todo o período expositivo, das 14h às 18h.
Durante todo o período de exposição, escolas públicas da região serão convidadas a visitar a exposição. Os grupos de alunos serão acompanhados por guias e artistas integrantes da exposição, que responderão às perguntas e curiosidades dos mesmos a respeito do processo criativo e técnicas de pintura utilizadas nas obras ali expostas. Haverá ainda uma sessão de exibição de filmes de animação, selecionados pela Sinlogo.

– Palestra Tipográfica sobre Caligrafia, Tag e Pixação com Filipe Grimaldi, Felipe Yung e Dédo. 16 de outubro, das 15h às 18h.
Filipe Grimaldi, Felipe Yung e o artista plástico Dédo darão uma palestra sobre os diferentes tipos de caligrafia existentes e a evolução do estilo no universo da arte urbana, graffiti e pixação. Com capacidade aproximada de 60 pessoas, será feita uma introdução a estilos específicos de escrita e o valor histórico das diferentes vertentes tipográficas. Os presentes participarão ainda de demonstração de técnicas ao vivo, como manuseio de diferentes tipos de materiais, canetas e pincéis caligráficos.

– Festa de Encerramento com Jamés Ventura. Dia 19 de outubro, das 14h às 18h.
Ao término do período expositivo, a Sinlogo convidará o público geral para uma festa de encerramento da mostra, com pocket show do MC Jamés Ventura e MC’s e DJ’s convidados. No show, o rapper apresentará músicas que fazem parte de seu disco recém lançado e produções inéditas.

Share Button
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

LNUS

Felipe Pedroso, é historiador, curador, pós-graduado em História, Arte e Cultura e especialista em Museografia e Patrimônio Cultural, dentre seus trabalhos, foi colunista web da Revista Trip e TPM e atualmente coordena o núcleo cultural do maior museu histórico a céu aberto do Brasil.

Comments on Facebook