Imagens de Brasília em 1966

cq5dam-web-1280-1280-6

cq5dam-web-1280-1280

Brasília é uma cidade que levanta debates polêmicos em relação a sua arquitetura, existem muitos que apoiam o projeto e muitos que são contra. Nos anos 1960, acreditava-se que a cidade teria um grande potencial de desenvolvimento ou que entraria em um processo de auto destruição. Cesare Casati, um fotográfo italiano, veio ao Brasil em 1966 e registrou imagens de Brasília, as quais foram posteriormente publicadas na revista de arquitetura Domus.  Cesare diz que a primeira impressão da cidade causava grande choque, o tipo de choque que está sempre envolvido com o progresso, fazendo-nos sentir despreparados: um sinal que a realidade muda mais rápido do que somos capazes de absorver.

Continue Reading

ARCHICINE – O cinema e sua arquitetura em ilustrações

ARCHICINE

ARCHICINE é um projeto genial do designer Federico Babina, responsável também pela série de ilustrações em 8-bit de monumentos arquitetônicos e seus mentores chamada Archpix. Em Archicine ele retorna para celebrar a arquitetura no cinema através de ilustrações que representam o jogo espacial entre a sétima arte o e espaço arquitetônico. Transformando esses espaços usados apenas como cenários nos filmes em protagonistas de sua série.

ARCHICINE

ARCHICINE
Continue Reading

Caleidoscópios arquitetônicos de Cory Stevens

Cory Stevens

Cory Stevens

O fotógrafo canadense que reside atualmente em Munique na Alemanha, Cory Stevens, tem um trabalho incrível com foco na arquitetura e nas paisagens urbanas. Seu portfólio conta com uma coleção bastante diversificada de imagens que infundem sua criatividade e a sensibilidade para o design como perspectiva – seja ela natural ou provocada pelo homem. Nessa série em questão, o artista desconstrói os elementos arquitetônicos usando de foto-manipulação para criar surpreendentes caleidoscópios. Seu trabalho tem sido mostrado internacionalmente e tem sido destaque em inúmeras publicações on-line e impressa.

Cory Stevens
Continue Reading

A vertigem de Fabio Giampietro

vert1

vert2

vert3

Uma mudança de perspectiva. Essa é a proposta do artista milanês Fabio Giampietro, que pode ser vista em suas pinturas sobre as cidades, de cima de arranha-céus, com forte simbolismo contemporâneo. O artista faz uso de uma técnica única, onde o pigmento sobre tela é subtraído, sem que se faça necessário adicionar a tinta branca. O uso da geometria hiperbólica e da rotação do eixo visual são características marcantes no trabalho do italiano. A qualidade emocional é liberada na paisagem urbana tradicional e se desloca para o reino dos sonhos, da metamorfose e, às vezes, do pesadelo.

Apesar da semelhança com lugares reais, as obras de Giampietro possuem um aspecto onírico com referências de altos e baixos, e uma gama altamente refinada de diferentes matizes que vão da cor preta para os tons de cinza. Giampietro guia, através de sua arte, aqueles que desejam experimentar a vertigem e o inusitado, como uma viagem entre artérias que formam metrópoles, um corpo feito de concreto que pulsa diariamente e conta a história de quem anda e vive na terra, mas pensa e sonha acima da linha do horizonte.

Continue Reading

Colagens arquitetônicas em larga escala por Anastasia Savinova

arq1

arq2

Usando várias camadas de fotografias tiradas em várias capitais europeias, a artista visual Anastasia Savinova combina elementos de formas arquitetônicas para criar impressionantes colagens em grande escala. A série intitulada Genius Loci revela associações desencadeadas por vários lugares. De acordo com os antigos romanos, o “genius loci”, foi o espírito protetor de uma habitação. No uso contemporâneo, “genius loci”, geralmente refere-se a atmosfera distinta a sua localização. A composição dessas colagens são mais do que portas, janelas e linhas de telhado, eles exploram a estrutura da vida em sua conexão com a terra e com o espírito do lugar.

arq3
Continue Reading

A arte colossal de Jean-François Rauzier

jfr1

jfr2

jfr3

Se você ainda não conhece o trabalho do artista e fotógrafo Jean-François Rauzier, você definitivamente precisa! Rauzier é conhecido e premiado por criar majestosas imagens em hiper-fotografias através de centenas de outras imagens individuais com 10 mil vezes a resolução de uma fotografia normal. Através de manipulação digital, constrói e reconstrói cenários extremamente detalhados e minuciosamente elaborados, apresentando ao espectador uma narrativa onírica, colossal, com elementos estéticos que mesclam o surrealismo e o hiper realismo, fazendo um convite a desbravar, em todos os ângulos possíveis, seu mundo particular repleto de fantasia.

rau1
Continue Reading

Arquitetura simétrica nas fotografias de Bernhard Rateike

bernhard_rateike4

bernhard_rateike3

bernhard_rateike2

bernhard_rateike1

Apaixonado por arquitetura moderna, o meticuloso fotógrafo alemão Bernhard Rateike, registra grandes construções, criando um balanço de formas geométricas, padrões, cores e mais. Sob ângulos meticulosamente ensaiados, Bernhard redefine a fotografia minimalista com suas projeções, simples, claras e diretas. Capturando imagens estrategicamente concebidas à despertar em nós sentimentos como o da percepção do minimalismo, a curiosidade e a transposição de mensagens indiretas.

Continue Reading

Coloridas ilustrações da arquitetura de Nova York

Park-Avenue-New-York-City-Illustration-by-Remko-Heemskerk

E10th-Street-New-York-City-Illustration-by-Remko-Heemskerk

Lower-East-Side-New-York-City-Illustration-by-Remko-Heemskerk

O diretor de arte e ilustrador Holandês Remko Heemskerk, durante seu tempo morando em Nova York desde 2012, se inspirou para criar uma série de ilustrações que retrata alguns dos históricos bairros conhecidos da cidade pela arquitetura de seus prédios. Do Parque Avene, 5th Avenue, E10th Street, Tribeca, Lower East Side e Greenwich Village, as ilustrações apresentam traços retos de formas geométricas, com cores fortes e vibrantes, criados sobre a perspectiva de baixo pra cima.

Continue Reading