A sensualidade feminina por Kesler Tran

Kesler-Tran_web5

tumblr_mqyraaOlPD1qeoz8ro8_1280

O trabalho do fotógrafo Kesler Tran é ímpar, sendo algumas imagens frequentemente vistas em sites de inspiração como o Tumblr. Confesso que a escolha de fotos para esse post foi um desafio imenso, porque é difícil decidir entre os diversos trabalhos do artista as melhores e mais chamativas imagens. Kesler tem base em Los Angeles E Nova York, e fotografa principalmente para moda, editoriais e beleza. [NSFW]

Kesler-Tran_web1

Kesler-Tran_web2
Continue Reading

Editorial pop de jóias com massa de modelar por Alexandra Bruel

alexandra-bruel-vogue-pop-art-jewelry-chicquero-banana-1

alexandra-bruel-vogue-pop-art-jewelry-chicquero-banana-3

alexandra-bruel-vogue-pop-art-jewelry-chicquero-banana-2

alexandra-bruel-vogue-pop-art-jewelry-chicquero-banana-4

Alexandra Bruel é uma diretora de arte e ilustradora francesa. Convidada pela Vogue britânica para criar um editorial de jóias inspirada na Pop Art, ela usa referências das obras de Andy Warhol e Roy Lichtenstein criando coloridos cenários com massa de modelar.

Alexandra começou a trabalhar com plasticina, há alguns anos, durante a licenciatura no curso de Design Gráfico na Escola Gobelins em Paris, e logo construiu um portfólio impressionante que vem sido usado em conjunto com animação, design têxtil, fotografia, escultura e ilustração.

Continue Reading

Part Noveau – A moda e suas referências

Horst-P-Horst-and-Norman-Jean-Roy

Irving-Penn-and-Sean+Seng-

Edouard-Manet-and-Inez-Vinoodh

René-Gruau-and-Koto-Bolofo

Já dizia Lavoisier, que “na natureza, nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”, onde definitivamente, não estava falando de moda quando chegou a essa conclusão, mas a frase nunca caiu tão bem para o tema. Partindo dessa premissa, a historiadora da Moda Lilah Ramzi, criou o blog Part Noveau para ilustrar as referências no mundo da moda. Através da comparação de conteúdos da moda atuais com os que já foram publicados no passado, de editoriais, campanhas, capas de revistas, filmes, pinturas e etc. Alguns registros são releituras que foram feitos para homenagear, outros são apenas cópias descaradas. Lilah diz que o intuito do site é “reconhecer e dar crédito ao que veio antes”.

Continue Reading

Flores + Sorvete nas fotografias de Parker Fitzgerald para a revista Kinfolk

59750002_v1_web3

59630011_v1_web

59630001_v1_web

Editorial misturado flores e sorvetes, fotografado por Parker Fitzgerald em parceria com a designer floral Amy Merrick, criado para a edição da revista americana Kinfolk.

Celebrando o florescimento da vida, nos dias de primavera, o belíssimo editorial traz uma mistura na fusão de bolas de sorvete ao lado das pétalas, buquês e cone de casquinho. Usando um background bem simples e uma paleta de cores com tons pastéis suaves, Fitzgerald consegue uma coleção de imagens bem harmoniosa.

Criada em Portland, Oregan, Kinfolk é uma revista trimestral que reúne as ideias de uma comunidade internacional cada vez maior de artistas, escritores, designers, fotógrafos e cozinheiros. Trazendo entretenimento para jovens amantes da boa comida, viajantes, e que gostam de criar coisas.

Continue Reading

O fetichismo dark da White Shadow

1headerws

Confesso que é um pouco estranho escrever sobre um trabalho pessoal, mas depois de alguns incentivos resolvi arriscar a primeira pessoa.

A marca White Shadow surgiu em 2012 do meu TCC em Design de Moda na Universidade Estadual de Londrina: Design hedônico: aspectos corporais, sensoriais e sexuais. A problemática: criar uma coleção de moda que fosse casual (porém com diferenciais estéticos) e que estimulasse os sentidos, sendo que o fetichismo foi a ferramenta utilizada.

2fotows

2wsgif

Os materiais utilizados foram renda, malha neoprene, pele sintética, tecidos com efeito molhado e alguns couros normalmente descartados na indústria alimentícia. A abordagem visual buscada foi o dark e o obscuro, fugindo do que é mais comumente associado ao fetichismo, que foi inserido, além dos materiais e shapes, por meio de detalhes discretos que possibilitavam que as peças fossem amarradas e alguns movimentos corporais restringidos quando desejado.


Continue Reading

As fotografias de Bernardo Sardi

bernardo_sardi_2

Foi no inicio da adolescência que o fotógrafo Bernardo Sardi descobriu sua vocação, aos 15 anos era comum vê-lo fotografando tudo e todos com uma câmera emprestada do pai. Os anos foram passando e toda essa paixão lhe rendeu um estágio em um estúdio na cidade de Londrina, onde pode aperfeiçoar sua técnica e claro, aprender novas.  Após terminar a faculdade de Design Gráfico, Bernardo começou a focar no mercado de moda pela liberdade de criação e pela experimentação de técnicas, e foi isso que o levou a São Paulo, onde fez diversos editoriais para revistas da Editora Abril, além de campanhas e publicidades. Paralelo a isso, Bernardo constrói sua identidade através de um trabalho autoral elegante e questionador, e é isso que o torna tão atraente ao olhos. Seus cliques denotam dramaticidade pela composição de luz e sombra, na maioria das vezes em Preto e Branco mesclando o belo e o sombrio de forma singular e poética.

1 2 Continue Reading

O Evangelho segundo a Givenchy

1

A grife francesa Givenchy apareceu na edição de primavera/verão 2013 da British GQ Style no editorial The Gospel according to Givenchy: nuthin’ but a ‘g’ thang (que por sinal é o nome de um hit de 1993 do rapper Dr. Dre). Com referências sacras misturadas ao street a marca mostrou os modelos em poses e cores quase renascentistas.O editorial foi fotografado por Matthew Stone e o estilo é de Matthew Josephs.

2

3
Continue Reading

SECO, um editorial que resgata as raízes do homem nordestino, por Eder Deó

Eder Deó

Eder Deó

Eder Deó

Seco é um editorial de teor totalmente artístico, que é configurado em cima do estereótipo do homem nordestino. As referências principais são a seca, a coragem de sair rumo à condições de vida melhor, criando assim uma simbologia de “semi-deus” do homem do nordeste por essas características. Alcançando seus objetivos, de fazer do nada, ou do pouco que se tem, tudo.

Nesse novo ensaio, Eder Deó trás sua visão ao já conhecido mundo nordestino. Valorizando os elementos da terra o fotógrafo cria cenários crus, reflexos de uma realidade dura, dando a cada imagem uma interpretação individual. Junto com sua equipe, criam um editorial sedutor e carregado de conceitos e interpretações.

Eder Deó é fotografo e diretor de arte e em quase 5 anos de experiência, já desenvolveu uma habilidade, técnica e visão artística que o possibilita recriar mundos, através da visão obtida por suas lentes e cliques. Fez curso de fotografia na London College of Fashion, onde lapidou ainda mais seu trabalho e pode juntar criatividade e técnica para produzir um trabalho digno das melhores galerias e exposições fotográficas do país, sendo premiado, no V Prêmio Pernambucano de Fotografia pela FUNDARPE em 2011.

Continue Reading