Fotomanipulação translúcida de Amy Friend

amy1

amy2

Uma fantástica série de foto manipulação da artista e fotógrafa americana Amy Friend que recuperou uma variedade de fotos antigas e criou a partir disso imagens com um novo significado, re-feitas, as fotografias vintage foram cuidadosamente furadas, permitindo a incidência de luz nos orifícios, proporcionando uma aspecto translúcido. A artista pretende com a série questionar a qualidade frágil do objeto fotográfico, mas também a própria fragilidade de nossas vidas, nossa história. Um projeto sensível e igualmente belo.

amy3
Continue Reading

A arte digital desfragmentada de David Marinos

14548195076_60598492b0_b

14489888600_0b27e18f44_b

Com apenas 16 anos, o jovem e prodigioso artista que reside em Atenas na Grécia, David Marinos, cria uma arte fresca, original e transcendente. Por meio da junção de arte, fotografia digital e mídia o jovem transmite um certo domínio técnico na execução de sua arte, que claramente recebe influencias estéticas do vaporwave. Apesar de novo, o artista passou parte de sua vida transitando entre diversos países, algo que remete no multiculturalismo de sua obra, que também contempla uma narrativa que faz jus ao pós estruturalismo teórico, presente na mistura de elementos anacrônicos e desfragmentados. Centrado no hedonismo da juventude e nos valores efêmeros da estética, Marinos faz uma arte imponente e irreverente ao mesmo tempo sem soar pedante ou clichê, com certeza um nome a se tomar nota.

14569555604_e076ecc2cc_b
Continue Reading

A natureza sombria de Juliette Bates

bates1

A fotógrafa Juliette Bates fez uma série incrível de fotos bastante peculiares, intitulado “Histoires Naturelles”. A predominância do preto e branco, e também de aves e crânios, que encontramos muito em suas fotos: sua série é cheias de mistério e originalidade, e deixando claro seu fascínio pelos animais. Nesta série, Juliette usa diversos tipos de animais, incluindo várias raças de aves, insetos, borboletas, criaturas aquáticas e terrestres.

É visível um clima sombrio e de passagem do tempo refletida nessa obra que depende fortemente de tons de azul e cinza. O esquema de cores reflete a presença de mortalidade. Apesar dos temas recorrentes de morte, também há um vislumbre de imortalidade anexado às imagens.

bates10

bates9
Continue Reading

O balé de corpos contorcidos na fotografia de Evelyn Bencicova

eb1

eb2

Um balé de corpos nus, fotografias conceituais que prestam homenagem à arte clássica, mas também podem ser entendidas como um reflexo da condição humana no melhor da fotografia contemporânea. Ecce Homo, nome do projeto da artista e fotógrafa de Berlim, Evelyn Bencicova, retrata motivos artísticos comuns com origens bíblicas a fim de incluir representações de violência e guerra em sua narrativa envolta em mistério, submetendo o espectador ao questionamento sobre o que realmente aconteceu com esses corpos contorcidos.

eb3
Continue Reading

Fotografando sonhos, um projeto de JeeYoung Lee

lee1

A fotógrafa coreana JeeYoung Lee dedica sua vida a retratar o invisível. Isso mesmo, em um pequeno estúdio – uma sala que não chega a ter 10m², Lee monta sets incríveis e fotografa a si mesma nas mais loucas situações. No pequeno estúdio fotográfico improvisado, ela faz pinturas fantásticas nas paredes, usa móveis diferentes e decoração feita com todo tipo de material e materializa seus anseios mais pessoais, seus medos e desejos sem pudor. Resultado: imagens belíssimas.

lee2

As fotografias são totalmente transformadoras e não possuem qualquer interferência ou retoque digital. Para tanto, ela se dedica (as vezes durante meses) a preparação de cada detalhe do cenário, para depois se incluir na cena. A fotografia, por vezes delicada e outras monstruosa, nos mostra seus anseios artísticos e é um excelente exemplo do surrealismo na fotografia, em contra mão à fotografia convencional.

Lee é formada pela Universidade Hongik, em Seul, Coréia, onde nasceu e aprendeu a fotografar muito cedo. Já é mundialmente reconhecida e ganhadora de prêmios fotográficos. Segundo ela, sua arte fotográfica nasce da sua necessidade de se expressar e se contestar a cada momento.

lee3
Continue Reading

Jardim Dos Sentidos – Em êxtase – por Ary Regis Lima

opção 2

801 (2)

357

Já falamos do trabalho do promissor e prodigioso fotógrafo brasileiro Ary Regis Lima aqui. Apresentamos agora o segundo ato do excelente projeto Jardim dos SentidosEm êxtase – é fruto de um aprofundamento das elucubrações imagéticas do fotógrafo – resultando num trabalho de experimentação híbrida das referências que povoam o seu universo pessoal e suas necessidades de produzir fotografias que estimulem novos parâmetros de percepção da imagem, quebrando com o realismo-naturalista que nos é entregue diariamente através do fluxo imagético. A mitologia aliada à cultura pop em conjunto com a sua própria percepção de arte clássica, tendo como principal referência o trabalho de Boticelli, norteiam uma narrativa ímpar, cheia de contrastes: delicadeza e voracidade, sensualidade e erotismo, ambos ambientados numa atmosfera clássica. Ary consegue mais uma vez dar o tom a uma execução contemporânea excepcional, sem cair no perigo de soar anacrônico, ou na pior das hipóteses – cafona. Sem sombras de dúvida, Ary Regis Lima é um nome a se tomar nota nessa nova fotografia brasileira.

056 - Cópia-Recovered
Continue Reading

A marca do drama e melancolia por Antenor Netto

1 (1)

2

3

Natural de Birigui, interior de São Paulo, Antenor Netto, se mudou para o Rio de Janeiro com 16 anos pra estudar Design de Moda, onde acabou aprimorando seu hobby pela fotografia. A objetividade de suas fotos é destacar o drama e melancolia, em especial do nu artístico. “Pra mim fotografia é um prazer, o prazer deixa você aberto e vulnerável mas também cura suas decepções”.

Continue Reading

Apoteose do corpo por Gustavo Chams

00

01

O fotógrafo de Moda Gustavo Chams – que já apareceu no BLCKDMNDS aqui – possui um currículo recheado de aparições em publicações internacionais como a londrina Design Scene e a argentina BeMAG, e em seu novo editorial explora a apoteose através do corpo humano.

As fotos propõem um questionamento sobre a vulgarização do corpo, apresentando uma nova visão sobre o mesmo. As imagens resgatam a antiguidade clássica e a busca pelo sagrado feminino em rituais que faziam do corpo uma forma de se conectar ao divino. [NSFW]

Continue Reading