Shaun White Skateboarding: Transformation

O video começa com um skatista que vem através de uma ponte aparentemente normal. Depois de bater com seu skate sobre a passarela, a ponte começa a quebrar e uma nuvem de poeira sobe. Quando ele cai, o chão de concreto se transforma em um conjunto de escadas e corrimão onde o skatista desliza. O video então segue e um grupo de skatistas aparece pelo centro de Los Angeles, e o chão começa subir e se transformar em rampas. Dirigido por Chuck McBride, e criado pela agencia Cutwater, o video é para promover o jogo de video game “Shaun White Skateboarding”.

Happy Birthday Mario!

À 25 anos atrás, 1985, estava sendo lançado o primeiro jogo (Super Mario Bros) com a personagem criada por Shigeru Miyamoto, Mario. Em comemoração a data a Nintendo produziu uma série de vídeos com depoimentos de pessoas contando suas experiências com o queridinho dos geeks e uma retrospectivas de seus jogos.

A comemoração também conta com o relançamento de Super Mario All-Stars para o Wii.

Na realidade a Nintendo comemora este ano a presença do encanador nos consoles da empresa, dai se explica o slogan: Part Of The Family Since 1985, já que a personagem foi criada em 1981 e antes de atuarno Super Mario Bros se chamava Jumpman e vivia salvando a princisa do Dokey Kong.

E pra quem quiser relembrar os bons tempos é só clicar e jogar!

Graphic Adventures

Se você gostava de jogar vídeo game na sua infância, e se você o aprecia até hoje, o livro Graphic Adventures conta a história dos clássicos produzidos pela Lucasfilm, Serra e outras. Nele estão presentes contos por trás de jogos como Loom, Labyrinth, Mystery House, Maniac Mansion, Space Quest, The Secret of Monkey Island, King’s Quest, Myst, Zork Nemesis e Leisure Suit Larry.

Criado a partir das páginas de artigos da Wikipédia, contem entrevistas com muitos criadores de jogos, entre eles Al Lowe, David Fox e Peter Langston.

Com 500 páginas e um monte de screenshots você pode tê-lo por apenas $ 29 dólares pelo Amazon.

Continue Reading

GET LAMP

Com som limitado e gráficos simples os primeiros jogos em computadores dificilmente levantariam uma sobrancelha na era moderna do realismo e do som surround. Em um mundo de Quake, Half-Life e Halo, é esperado de um jogo bem-sucedido que ele seja rápido e cheio de chamadas de ação.


No início dos anos 80, esta indústria surgiu dos contos, da resolução de enigmas e da arte de escrever. Como nos livros, os primeiros jogos descreviam mundos fantásticos e convidava seus jogadores a viver dentro deles. Jogos assim eram chamados de computer adventure games, e faziam uso do mais poderoso processador gráfico do mundo: a mente humana. Surgiram de projetos paralelos em universidades e empresas de engenharia.
Get Lamp é um documentário que conta a história da criação desses jogos nas palavras das pessoas que os fizeram.